"Everything Sun does will be Open Source"

2005-11-18

Assim disse Jonathan Schwartz num painel na Web 2.0 Conference no qual foi entrevistado pelo Tim O’Reilly. Baixem o audio e ouçam a partir dos 39m35s:

“Everything Sun does will be Open Source. Everything… The message I will give to the software companies specifically is: get to Open Source quickly, there’s no downside that I can see. By the way, get to ‘free’ quickly, there’s no downside there that I can see. The value may have to come from something else… but there’s immense value in being able to reach the broadest market in the world. You know, once you get that community and that volume, try to figure out what are the responsible ways to go create value for your shareholders.”

Bastante forte, vindo do COO e Presidente de uma empresa do tamanho da Sun. Vale a pena ouvir o resto do audio, que já está no final.

Bem no início, a partir dos 4m40s, Tim pede pro Jonathan falar sobre como a Sun vê o fenômeno Open Source. Jonathan usa o termo free algumas vezes, mas fica claro que ele está se referindo ao preço e não à liberdade. De qualquer modo, ele e o Tim acabam trocando algumas farpas pontudas, a briga parece que vai ser feia mas o Tim acaba colocando panos quentes…

Anúncios

Less is More

2005-11-10

Jason Fried é o CEO da 37signals, a empresa que emprega David Heienemeir Hansson, autor e evangelizador de Ruby on Rails, o framework pra desenvolvimento de aplicações web mais em evidência atualmente. Mas vou deixar pra falar de RoR em outra oportunidade. O tópico de hoje é o keynote speech que o Jason proferiu na recente conferência Web2.0.

A palestra se chama “Less as a Competitive Advantage”. Jason argumenta que uma startup precisa de muito menos recursos do que se imagina para vingar. Precisar não é bem o termo… na verdade, ele argumenta que é mais vantajoso começar com menos dinheiro, menos pessoas, menos tempo, menos abstrações e menos software. Parece estranho e até meio ingênuo, mas o cara é bastante persuasivo, principalmente se você o ouve… coisa que você pode fazer ouvindo o podcast Distributing the Future: Web 2.0 Day Two. Ouça a partir de 22m10s, por 7m10s. Vale a pena.

Pra quem prefere ler, ele falou sobre o mesmo assunto no seu blog.

Em outra palestra interessante o mesmo Jason fala do Basecamp, que é uma ferramenta web de gerenciamento de projetos que a 37signals negocia na base de hosting, i.e., você não baixa e instala a ferramenta mas cadastra-se no site e a utiliza sempre nos servidores da 37signals, pagando uma taxa de utilização. BTW, ela é a aplicação showcase do RoR. Mas, a palestra fala sobre as lições que o pessoal da 37signals aprendeu durante o desenvolvimento do Basecamp.

“A palestra foca em quatro princípios: reduzir massa, aceitar restrições, evitar abstrações excessivas no processo de desenvolvimento e adminitrar as dívidas. Jason explica como ele aprendeu que ‘menos é mais’ quando se trata de features e enfatiza a importância de se construir ‘meio produto, não um produto meia-boca’. O sucesso de Basecamp demonstra que as lições aprendidas pela 37signals em contruí-lo têm enorme valor.”


Podcasting

2005-11-05

Ganhei um iPod mini num sorteio durante a X Conferência Anual sobre o Futuro da Tecnologia, promovida pelo Gartner em agosto. Não posso mais dizer que nunca ganhei nada em sorteio. O bichinho é realmente de fazer inveja. Tem capacidade pra 4GB, o que permite manter umas 1000 músicas.

Mas não é música o que eu tenho ouvido nele e sim podcasts. O termo podcast é um neologismo feito pela junção de broadcast com iPod. A idéia é que ao invés de você ouvir programas de rádio com hora marcada (broadcasts) você baixa o programa em MP3, salva no iPod e ouve quando quiser. É razoavelmente conveniente e bastante interessante, isto é, quando você consegue descobrir programas interessantes pra baixar.

Nos últimos dois meses eu devo ter ouvido mais de 40 programas. Na maioria, palestras e entrevistas. Alguns são muito bons. Mas é preciso saber garimpar no meio de tanta coisa média ou ruim disponível. Um ótimo site pra baixar palestras e entrevistas é o IT Conversations. Há centenas de programas pra baixar, mas o mais interessante é que ao baixá-los você recebe um email pra poder votar na qualidade do programa. Assim, é possível descobrir os programas mais bem cotados. Logo na primeira página há uma lista dos Highest Rated. Eu devo ter ouvido quase todos e não me arrependi de nenhum.

Outro site legal é o NerdTV, do Robert Cringely. São entrevistas com uma hora de duração com pessoas interessante (a.k.a. nerds) da área de tecnologia. Os shows são filmados, mas eu cansei de ter que ficar parado na frente do micro pra ver e agora baixo só o MP3 pra ouvir depois.

Pra quem gosta de Perl, vale a pena ficar de olho no Perlcast, do Josh McAdams. Semanalmente ele grava um programa de notícias recentes para a comunidade. Frequentemente ele grava entrevistas com pessoas interessantes da comunidade.

Mas pra acompanhar as novidades, nada melhor que usar um agregador de feeds. Eu uso o Bloglines e minha lista de feeds, ou blogroll, pode ser vista aqui.

Vou tentar comentar alguns dos melhores podcasts que eu já ouvi nos próximos dias.