Filho de peixe…

Ontem eu estava me preparando pra por meu filho pra dormir e comecei dando a bronca padrão pra ele deixar as coisas arrumadas pra manhã seguinte. Aproveitei e mandei-o guardar um spray desodorante que devia estar no escritório mas que estava no banheiro dele. Enquanto ele cumpria minhas ordens eu fui me preparar.

Voltando do banheiro eu vi uma lanterna sobre a minha cama. A vontade de dar outra bronca chegou a passar pela minha cabeça, mas fiquei com pena e decidi eu mesmo ir guardá-la. Só que o lugar dela é na cozinha, do outro lado da casa. Saindo do meu quarto eu vi que a porta do corredor já estava fechada. Aí bateu aquela preguiça e eu resolvi deixar a lanterna na sala de TV pra guardá-la na manhã seguinte.

Depois de todas as minhas broncas, confesso que senti um certo desconforto. Era como se eu estivesse enganando meu próprio pai, adiando uma ordem direta dele. Por isso, decidi deixar a lanterna escondida atrás da TV. Coloquei-a com cuidado pra ela não rolar pro chão e já ia voltando quando notei um pequeno objeto sobre o móvel, encostado na TV. Era o spray que eu havia mandado meu filho guardar no escritório.

O danado teve a mesma idéia!

Não é incrível como os filhos podem sair aos pais?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: