Aos 45 do primeiro tempo…

Aconteceu semana passada à noite, depois de eu ter passado uma hora e meia no super-mercado.

O contexto é relevante, pois pode explicar minha aparência cansada.

Saindo do super-mercado eu fui à farmácia comprar umas coisinhas. Ao chegar ao caixa a atendente me olha e pergunta:

– O senhor tem o cartão da farmácia?

– Acho que sim… você pode verificar pelo CPF?

– Pois não, senhor. O seu cartão é o “privilege”?

– Como assim? Qual é a diferença?

– É de aposentado ou é normal?

Hesitei uns dois segundos e respondi desanimado:

– É normal…

A moça não percebeu, mas o meu desânimo deve ter ficado muito claro.

Por trás dela havia uma janela na qual eu podia ver meu reflexo. Analisei minha fisionomia e meus cabelos brancos já dominantes nas laterais e constatei que a dúvida dela não era absurda.

Um dia isso ia ter que acontecer. Aconteceu na primeira vez que me chamaram de “tio” e de “senhor”. Mas já faz tempo e esses termos já não me afetam. Agora, “aposentado”… ainda tenho mais de uma década pela frente pra chegar lá… acho que quando chegar eu já vou estar acostumado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: